Histórico da Oficina Literária Letras no Jardim

A Oficina Literária surgiu em maio de 2008 nos jardins de uma casa. Eram quatro escritores que discutiam seus escritos. O grupo foi crescendo e passamos a ocupar o auditório da Biblioteca Pública de Santa Catarina. Começamos a estudar os diferentes gêneros literários. Poesia, conto, crônica, romance, dramaturgia. Durante a oficina de dramaturgia surgiu o grupo de teatro da Cia.de Teatro Letras no Jardim que tem apresentado várias peças e o grupo do cinema que já produziu dois curtas metragens e um documentário. Estes mais experimentais. Com o passar do tempo começamos a contar histórias nas escolas da cidade e em outras regiões de Santa Catarina.

domingo, 10 de maio de 2009

Mãe - Julião Goulart

Mãe que ama,
Mãe que ri,
Que ao filho chama
Vem cá guri

Mãe que chora,
Que defende o filho,
No perigo não se apavora.
E que nunca perde o brilho

Mãe protetora com amor
Que reza só, diante do altar.
Que tira os espinhos da flor
Que nos ensina a amar.

Mãe que protege os seus
Que tudo desculpa e entende
Que tem um pouco de Deus

Um comentário:

Susana disse...

Oi Julião, linda poesia, cheia de carinho e amor como um coração de mãe. Abraços.